Últimos assuntos
» Registro de Photoplayers
Sex Fev 03, 2017 8:00 pm por Sherlock Holmes

» .....
Qua Nov 16, 2016 12:30 am por Faith

» Casa da Glória
Ter Nov 08, 2016 2:04 am por Faith

» Salão da Justiça
Ter Nov 08, 2016 1:52 am por Faith

» Palácio Celestial
Ter Nov 08, 2016 1:51 am por Faith

» Torre de Cristal
Ter Nov 08, 2016 1:50 am por Faith

» Castelo da Luz
Ter Nov 08, 2016 1:12 am por Faith


Sistema de Trama Móvel (att)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sistema de Trama Móvel (att)

Mensagem por Faith em Sex Nov 04, 2016 2:39 pm

Sistema de Trama Móvel
UNDER THE CURSE

A trama é, basicamente, o plot geral do fórum, a sequência de fatos que, juntos, narram a história do seu universo. No Under The Curse, com tantas possibilidades de narrativas e com tantos plots a se misturar, não seria justo com os players que o fórum mantivesse uma trama que ignorasse as dos seus jogadores, não é mesmo? Foi com esse pensamento que, reaproveitando a ideia antiga de um dos fundadores, foi implantado o sistema de trama móvel.

Ele consiste, basicamente, em abrir espaço para que as trama pessoais permeiem o enredo da trama central, podendo mudá-la drasticamente, se assim for o desejo da maioria. Haverá um plot central — algo que ocorrerá no mundo inteiro, devendo ser considerado nas narrativas de todos os players — que, para ser desenvolvido, precisará de ação por parte dos players; é como se déssemos o passo inicial e, à medida que as tramas pessoais dos jogadores avançam, a trama central também avance.

Para que fique mais claro, vamos a um exemplo: o Storyteller narrará num evento a aparição de Lúcifer na Terra, por exemplo, colocando-o como líder de um grupo de caçadores radicalistas. Haverá, então, uma nova vaga de cannon: Lúcifer (o Anjo Caído, ex-Estrela da Manhã, também chamado de Diabo). O player que assumir a conta do Lúcifer poderá nortear o seu grupo de caçadores radicalistas para onde bem entender, decidindo narrar um ataque a uma base de caçadores ordeiros, por exemplo, ou caçando determinados hospedeiros, bem como podem não fazer absolutamente nada. Da mesma forma, os caçadores radicalistas que o seguem podem tentar tomar o poder, traindo seu mestre e fazendo com que ele seja eliminado. Para entender melhor, confira o sistema de cannons (aqui!) e o sistema de morte (aqui!).

O exemplo foi de um caso específico de intervenção: o de cannons. Além desse tipo de intervenção, também teremos intervenção por eventos, por interação e por narrativa. Abaixo segue uma explicação maior de cada tipo:

1. Por Cannon — É basicamente o uso de contas especiais (chamadas cannons — conquistados em eventos, sorteios, fichas e cargos) como interventores maiores, já que são sempre posições de destaque, com influência no universo do Under The Curse. Essas intervenções podem acontecer em qualquer possibilidade narrativa do RPG, e para tal o player cannon deverá fazer uma narração acima do rendimento mínimo (ou linhas mínimas, em caso de narrativas sem rendimento), descrevendo o que fez e o que não fez, como fez, quando fez e por que fez — assim, como qualquer outra narrativa, deverá conter detalhes, motivações e, fundamentalmente, coerência. Para ser considerada uma mudança, deverá fazer sentido dentro da trama do jogador e, como já dito, também precisará do rendimento/número de linhas mínimo para se tornar concreto. Intervenções de trama como esta não podem atingir diretamente outro player, a menos que ele tenha a possibilidade de também narrar uma intervenção (mesmo que não seja uma intervenção na trama geral, apenas na sua pessoal).

2. Por Evento — Aqui, ao invés de ser restrito a um privilégio como o cannon, qualquer um pode intervir. Esse tipo de intervenção acontece nos eventos oficiais do UTC, abrindo margem para que qualquer player participante possa criar situações cujas consequências venham a atingir o fórum inteiro. Se, por exemplo, o Storyteller narrar um evento no Empire State Building e por acaso algum dos participantes vier a explodi-lo com sucesso (desde que de maneira coerente e seguindo as regras de narrativa), ficará constado no post de trama a destruição do local, ficando inviabilizada a postagem nele até que se construa um novo. Assim, também pode-se criar PvPs dentro de eventos (desde que os envolvidos estejam no evento em si), bem como pode-se desenvolver a trama pessoal dos players e criar novos enredos de acordo com suas ações. Para ser considerada uma mudança, deverá fazer sentido dentro da trama do jogador e, como já dito, também precisará do rendimento ou número de linhas mínimo (em caso de eventos de interação) para se tornar concreto.

3. Por Interação — Aqui é uma situação similar à intervenção por evento. A única diferença é que não precisa ser necessariamente um evento; a única regra base para que seja válida (além do número mínimo de linhas) é de que seja uma interação entre dois ou mais players. A interação poderá acontecer tanto por meio de RPs (sendo, assim, fechadas e não podendo sofrer intervenção de terceiros) quanto em locais públicos (tornando-se uma interação aberta, livre para sofrer intervenção de outros players). Como qualquer outra narrativa oficial do UTC, requer um staffer narrador para a validação dos atos — que, apesar de serem livres e poderem ser escolhidos ao bel prazer dos participantes, ainda precisarão ter coerência quanto às tramas pessoais dos envolvidos e quanto ao que se pode e não pode fazer de acordo com as suas capacidades, algo que só poderá ser ditado por alguém capacitado para tal. Ressalta-se que como toda e qualquer intervenção de trama, não poderá afetar diretamente outro player, a menos que ele esteja envolvido na narração ou possa, de alguma forma, reagir ao ocorrido. As solicitações de narrador para a validação devem ser feitas no seu tópico específico (clique!).

4. Por Narrativa — Aqui apenas reitera-se o que já foi dito no tipo 2 de intervenção de trama (intervenção por evento): acontecerá em narrações oficiais, dando liberdade aos seus envolvidos para que façam o que bem entendam, causando consequências ao plot central do fórum. A única diferença é que este tipo de intervenção não acontece só em eventos, mas também em toda e qualquer missão, quest, DIY, SM, ME e similares; narrativas oficiais, independentes ou não, cujo final seja avaliado com recompensa aos players envolvidos. Esse tipo de intervenção segue as mesmas regras do tipo 2.

É válido ressaltar que apesar das intervenções serem possíveis pelo sistema de trama móvel, grandes consequências demandarão uma necessidade coerente de players para que se torne real. Não se pode simplesmente começar uma guerra entre facções de criaturas, por exemplo, sem que se tenha um grande número dos dois lados; para isso, deverá ser feita uma campanha de convencimento pelas mídias do RPG, fazendo os envolvidos tomarem partido, tornando-se pró, contra ou neutros.

Para que a campanha aconteça, solicite aqui (clique!) o informativo de campanha, para que uma votação seja aberta e o plot possa ser desenvolvido. Caso não saiba que proporções tem a sua tentativa de intervenção, queira contatar Storyteller, ele lhe norteará neste sentido.

Em caso de dúvidas, queira usar o tópico de orientação às dúvidas [clique] e deixar registrado o seu questionamento, assim, logo que possível, algum outro player lhe responderá. Caso nem isso resolva — ou mesmo você prefira não postar no tópico —, queira contatar a ADM por MP ou chatbox, assim seu questionamento será sanado.
AUTOR DESCONHECIDO. APENAS EDITADO POR PANDA.
avatar
Origem : Do seu interior.

Nascimento : 01/01/1998

Idade : 19

Staffers - Administrador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum